Dan Collinson, our Positive Psychology People “liason” has challenged the Portuguese team to write the January post on the theme: “wishes for 2016”. We’ve loved the idea and based on the “gratitude exercise”, we’ve decided to add to our wishes, the things that we feel blessed for in the past year, 2015. So each member was invited to do this exercise and we are very happy to share it with you.

I’m grateful to 2015, because…

HAM: We organized, with great success and impact, the II Portuguese Congress on Positive Psychology; We opened the 4th Edition of our Executive Master on Applied Positive Psychology, with another fabulous group of students and scholars; We had wonderful invited scholars from around the world, that are top specialists on Positive Psychology, visiting our school and sharing cutting edge data; But most of all, I am grateful for those I love and those who love me, and for the richness of my Relational Goods.

AVA: I have a beautiful family. Home is my place and is where I like to be. Also it is where I like to see my five lovely children fulfilled and happy. Their well-being is oxygen for me. Being around them makes me remember every day the essential…
To be more and more present.
Gratitude for every friend and every moment spent with friends.
I am grateful because I’ve started my PhD in Social Sciences, with specialisation in social policy and learning is always a source of great joy.

PS: One of my biggest dreams was planted: I got pregnant and I’m about to become a mom!
I’ve postgraduated in Applied Positive Psychology (APP; University of Lisbon) and started a master degree, where I’m going to investigate “Resilience in teachers”!

I’ve kept and made new friendships and kept my family close, celebrating unique moments with them!

JGQ: 2015 was one of the best years of my life! Professionally full of successes, with the growth of my retail business, the number of trainings and the invitation to teach at the Executive Master of APP. But it was at the emotional level that the past year was more relevant, with the experience of living a great love and the pain of its bereavement, which allowed me to learn a lot about myself and to grow immensely. The deepening of friendly relationships was also one of the good things of the year ending. It was also in 2015 that I finally made my climbing course and began to practice this sport!

Wishes – In 2016, I would like…

HAM: To develop the topic of Well-Being Universities, and invest time and scientific and personal energy, in promoting the quality of life inside the Academies around the world; To promote Public Happiness; To co-construct more; To love more and better.

AVA: To keep it in this way, in this lovely way. I wish I could contribute, as a family, for a better world. In 2016 I would like to start practicing sports… and I would like to enjoy this idea… right now … I would like to ride my bike in the summer, and this idea looks really nice right now.

PS: To enjoy each moment of my newborn’s life with my husband! To finish my masters degree and get a job that allows me to put my talents to use. To keep my friends and family close!

JGQ: Because my personal growth is too important just to desire it, 2016 will be a year of action in which, essentially, I will continue to care for my well-being, coming out of my comfort zone, emotionally, professionally and physically. More than ever, I will take care of my relationship with my daughter and friends that I want to keep close!

HAM: Helena Águeda Marujo
AVA: Alexandra Veiga d’Araújo
PS: Patrícia Sarmento
JGQ: José Gouvêa de Quadros

Desejos para 2016, da Equipa EMAPP

Dan Collinson, o nosso intermediário da Positive Psychology People desafiou a equipa Portuguesa a escrever o post para Janeiro sobre o tema: “desejos para 2016”. Adorámos a ideia e, baseados no “exercício da gratidão”, decidimos acrescentar aos nossos desejos, as coisas pelas quais nos sentimos gratos no ano passado, 2015. Assim, cada membro foi convidado a fazer este exercício e estamos muito felizes por partilhá-lo convosco.

Estou grata a 2015, porque…

HAM: Organizamos, com grande sucesso e impacto, o II Congresso Português de Psicologia Positiva; abrimos a 4ª Edição do nosso Mestrado Executivo em Psicologia Positiva Aplicada, com outro fabuloso grupo de estudantes e professores; Tivemos espetaculares investigadores de muitos cantos do mundo, especialistas de topo na Psicologia Positiva, a visitar a nossa Escola e a partilhar os mais recentes dados de investigação; Mas estou sobretudo grata por todos os que amo e me amam, e pela riqueza imensa dos meus Bens Relacionais.

AVA: Tenho uma família linda, tenho o meu sítio onde gosto de estar e, onde vejo os meus cinco queridos filhos realizados e felizes. O seu bem-estar é oxigênio para mim. O tempo que estou com eles faz-me relembrar em cada dia o essencial… ser mais e estar mais.
Gratidão por cada amigo e por cada momento passado com amigos.
Sinto-me grata porque iniciei o meu PhD em Ciências Sociais, na especialidade de Política Social e aprender é sempre causa de uma enorme alegria.

PS: Um dos meus maiores sonhos foi semeado: engravidei e estou prestes a ser mãe!
Terminei a pós-graduação em Psicologia Positiva Aplicada (UL) e iniciei um mestrado onde pretendo investigar a “Resiliência em professores”!

Preservei e fiz novas amizades e mantive a proximidade com a família, celebrando com eles momentos únicos!

JGQ: 2015 foi um dos melhores anos da minha vida! Profissionalmente repleto de sucessos com o crescimento do meu negócio de retalho, do número de acções de formação que dei e do convite para lecionar no EMAPP. Mas foi a nível emocional que o ano foi mais marcante, com a experiência de viver um grande amor e a dor de um luto desse mesmo amor, o que me permitiu aprender muito sobre mim e crescer como não me lembro antes. O aprofundamento de relações de amizade, mais ou menos antigas, foi também umas das coisas boas do ano que termina. Foi ainda em 2015 que, finalmente, fiz o meu curso de escalada e comecei a prática desta modalidade!

Em 2016, eu gostaria de…

HAM: Desenvolver o tema do Bem-estar nas Universidades, e investir tempo, e energia pessoal e cientifica, em promover a qualidade de vida dentro das Academias um pouco por todo o mundo; Promover a Felicidade Publica; Co-construir mais. Amar mais e melhor.

AVA: A vida continuasse assim, desta forma amorosa. Gostava de poder contribuir, em família, para um mundo melhor. Em 2016 gostava de começar a fazer desporto… e gostava de gostar da ideia… desde já… Gostava de fazer passeios de bicicleta no verão, e esta ideia parece-me muito boa desde já.

PS: Gozar plenamente o primeiro ano de vida do meu filho, juntamente com o meu marido. Concluir o mestrado e conseguir um emprego que me permita pôr os meus talentos em uso. Manter os amigos e a família próximos!

JGQ: Porque o meu crescimento pessoal é demasiado importante para me limitar a desejá-lo, 2016 irá ser um ano de ação em que, fundamentalmente, continuarei a cuidar do meu bem-estar, saindo da minha zona de conforto, emocionalmente, profissionalmente e fisicamente. Mais do que nunca, cuidarei da minha relação com a minha filha e os meus amigos que quero manter cada vez mais próximos!

HAM: Helena Águeda Marujo
AVA: Alexandra Veiga d’Araújo
PS: Patrícia Sarmento
JGQ: José Gouvêa de Quadros

 

‘We Are The Positive Psychology People’

Read Similar Posts

Share This